Bem Vindos ao forum português da banda japonesa the GazettE e do artista também japonês Miyavi! Registem-se e divirtam-se^^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Everything always changes.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Everything always changes.   Sex Abr 15, 2011 4:32 pm

Título: Everything always changes {Tudo sempre muda}

Personagens: Aoi, Kai, Reita, Ruki, Uruha
Gêneros: Amizade, Drama, Fantasia, Lemon, Romance, Suspense, Yaoi
Sinopse: Akira era o dono de uma agência de modelos fotográficos. Além de dono, ele também ajudava na seleção dos modelos e era ele quem os fotografava.Ele estava empolgado, pois acabara de assinar um contrato com um estilista famoso conhecido em todo o país e com uma revista renomada. Ele então, decidiu que estava na hora de arrumar novos modelos, de preferência fora de padrão, pois seria uma experiência nova, para que posassem para as fotos da revista e desfilassem no importante desfile que ocorreria depois das fotos.
[...]
Takanori era um garoto de origem humilde que sempre tivera um sonho de ser um modelo famoso. Ele chegou recentemente na cidade e viu em um cartaz, na rua, algo sobre 'vagas' na renomada agência Fay, e decidiu ir lá e tentar algo... Para a sua surpresa, conseguiu!
[...]
{Parece perfeito, não é?Mas é como diz o ditado:"Nem tudo que reluz, é ouro!" /DIK}


------------------------

Logo avisando é uma fanfic com nove capítulos....

Alguém interessado na leitura?

Se tiver me avisem que eu posto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Sex Abr 15, 2011 4:40 pm

OHHHHH posta , posta *dá pulinhos na cadeira*
Eu gostei da ideia
Apesar de não ter tido muito tempo , eu vou tentar ler

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Sex Abr 15, 2011 5:10 pm

okay então ><



Capítulo 1 - Em busca de carne nova...



Era um dia corrido na agência Fay, pois não faltava muito para as fotos e o desfile, ambos patrocinados por uma empresa e uma agência maiores mais poderosas.
Enquanto isso em uma das salas, estava eu, Suzuki Akira, dono e fotografo da assim chamada, Fay.
Com a porta trancada, eu estava sentada em minha grande cadeira com a calça e a boxer arriadas até os joelhos. Já com o meu membro ereto e úmido, eu o segurava com uma das mãos enquanto segurava o monitor do computador que exibia as fotos dos candidatos a modelos, com a outra.
Eu acabara de ver mais um dos milhares books enviados a mim, via internet. Encontrava-me ofegante e um pouco cansado, pois estava o dia inteiro me masturbando enquanto observava cada detalhe, de cada um dos candidatos... Eu selecionaria somente os que realmente me agradacem... Mas nenhum até agora tinha me agradado de forma que me fisesse ter um orgasmo.
Abri mais um e-mail, com mais um book, até que fui interrompido por alguém que batia insistentemente na porta.
Me levantei, ergui minha boxer e a calça, ajeitei-me e finalmente abri a porta. Um loiro alto, com curvas bem delineadas e sedutoras, com um rosto angelical, vestindo uma regata preta justa e uma cinta-liga roxa, exibindo as belas e grandes coxas, entrou na sala com pressa e fechou a porta:
- Ei, Akira, precisamos conversar...
Era Takashima Kouyou. Ele era o modelo número 1 da agência, minha companhia de alguns momentos... e ele me ajudava na organização em geral da agência.
- O que houve? Eu estava ocupado...
- Pelo cheiro de porra, já sei o que estava fazendo, mas enfim...
- Enfim...?
- Você precisa agilizar as coisas Aki-san... Está uma correria, temos muitos books para analizar e a cada segundo que passa chegam mais... Mas não temos muito tempo para olhar todos e escolher!
- Hmm... - resmunguei. - Eu olharei mais alguns books e até o final da tarde eu lhe direi quem são os novos modelos... Avise ao restante da equipe que descancem um pouco.
- Ok!
Kouyou estranhou a minha decisão mas não questionou. Sorriu, em seguida saiu da sala me deixando sozinho com os books dos garotos bonitos.

----------

Após algumas horas trancado naquela sala, eu saí para ir ao banheiro.
Quando voltei, vi Kouyou andando de um lado para o outro com uma expressão preocupada em frente a minha sala que, estava com a porta semi-aberta. Fui até Kouyou:
- Kou, o que houve? Algum problema?
- É-é q-que... é que... eu...
- É que o quê?
Kouyou apontou para a sala e eu espiei. Vi um garoto pequeno, de cabelos loiros, magro que vestia uma regata branca seguida de uma jaqueta de couro, uma calça jeans escura bem justa e um cuturno preto, de pé olhando as fotos penduradas na parede do meu escritório. Então, voltei-me a Kouyou:
- Quem deixou ele entrar na minha sala?
- Você despensou a equipe lembra? Isso inclui o pessoal da recepção!
- Mas, e você?
- Eu?
- É!
- Eu até tentei falar, mas quando ele me perguntou quem eu era e quando eu disse... bom, ele falou pra mim que modelos não mandam em agências e querendo ou não, ele está certo... Eu não podia fazer nada, desculpe...
- Diabos!
Entrei na sala e fechei a porta, fazendo com que a minha presença fosse notada pelo menor que ao ouvir a porta se fechar voltou-se a mim:
- Ah, você deve ser Suzuki Akira, certo?
- Sim... e você é...?
- Oh, desculpe... Sou Matsumoto Takanori, como vai?
O garoto caminhou até mim e ambos apertamos as mãos. Após sentei-me em minha cadeira que continuava do mesmo jeito que eu a deixei e desliguei o monitor do computador. Voltei os olhos para Takanori que ainda ficara de pé:
- Estou bem... Sente-se!
Ele sentou-se.
- Ah, obrigado!
- E então, o que trás um garoto tão gracioso como você, vir até a minha agência?
- Obrigado pelo elogio... Bom, eu vim até aqui por causa das vagas para modelo...
- Hmm... Não lhe contaram que as inscrições são feitas pela internet ou por correspondência?
- Eu sou novo na cidade, vi o lance das vagas em um cartaz, na rua... E lá não dizia nada sobre as inscrições, mas dava o endereço daqui, aí eu pensei que...
- Não falava nada sobre as inscrições? - interrompi.
- Não senhor!
- Incompetentes! Bom, você não tem culpa da falta de eficiência dos meus funcionários... Posso fazer um teste com você!?
- Claro! Que tipo de teste?
- Bom, eu verei uma roupa que usaremos nas fotos e no desfile para você colocar... Aí, eu tirarei algumas fotos suas, você deixa o seu número de telefone e eu ligarei assim que decidirmos algo.
- Ah, sim.
- Espere um segundo.
- Demore o quanto precisar.
Sai do meu escritório e fui até a sala onde ficavam as roupas dos modelos. Enquanto procurava algo para Takanori, ouvi um barulho na porta. Olhei logo em seguida... Era Kouyou.
- Akira, o que está fazendo? - perguntou o outro que entrara na sala com um cigarro entre os dedos.
- Estou procurando uma roupa para um teste...
- Um teste? Com aquele garoto?
- Sim! Por que? Algum problema?
- É claro que tem problema. Ele não tem nenhuma das qualidades que você precisa!
- E quais são essas "qualidades"?
- Beleza, simpatia, carisma, curvas perfeitas que se adpetem com as roupas e PRINCIPALMENTE AL-TU-RA!!!!
Eu ri irônicamente.
- Ah, querido Kou-Chan, você me faz rir!
- Como assim?
- Ele é um garoto lindo, tem simpatia e carisma de sobra, pelo que eu analisei, e você sabe que eu sou observador, ele tem um corpo maravilhoso, com tudo no lugar...
- Mas ele é... nanico!
Uruha fizera um bico enorme após das uma tragada no cigarro com uma expressão de indiginação. Me aproximei dele, agarrando-o pela cintura.
- Eu sei por que você fala assim do pobre garoto...
- Sabe?
- Sei... E ele não será diferente dos outros, você vai ver... Você melhor que ninguém sabe que o único que tem contrato eterno e enquanto quiser comigo é você! Eu vou fazer o mesmo de sempre: fazer o papel de bonzinho ajudando ele a realizar o seu sonho, mostrar que sou um cara legal, leva-lo para um motel barato, come-lo lá e depois demiti-lo!
- É bom mesmo!
Kouyou joga o cigarro no chão, apagando o mesmo com a ponta do sapato, após voltou-se a mim que ainda segurava a sua cintura com firmeza e me beijou.

---------

Depois de alguns minutos voltei ao meu escritório com a roupa para o teste.
- Vamos? Desculpe a demora...
- Vamos! Tudo bem, eu lhe disse que era para demorar o quanto precisasse!
Takanori sorriu e levantou-se. Comecei a andar para fora da sala e ele me seguiu.


{ Continua... -q espero que tenham gostado e... comentem } Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Sex Abr 15, 2011 5:29 pm

Ohhh yeee
Epa o Reita estava entusiasmado Twisted Evil
Ruki não tem AL-TU-RA xD , ri-me tanto com esta parte
O Rei-rei vai fazer isso com o pobre Ruki ?? Fixe , menos a parte do despedi-lo Cool
Como vai correr o teste hem ?

Continua sim ^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Sab Abr 16, 2011 8:48 pm

Capítulo 2 - O modelo perfeito...



Andamos até o elevador e subimos para o sétimo andar. Após sairmos do mesmo, caminhamos até chegarmos a uma sala com paredes brancas e com muita aparelhagem de câmeras.

- Por que todas as paredes são brancas? - perguntou o menor olhando tudo em volta.

- É bom um fundo neutro para que a atenção fique voltada ao modelo...

- Interessante...

Entreguei a roupa a ele, sorrindo.

- Aqui está a sua roupa. Os trocadores são atrás de qualquer uma das portas cinzas.

- Obrigado!

Takanori foi até o trocador e vestiu a tal roupa. Após saiu do mesmo, voltando ao meu encontro,

- E então...?

- Está muito bonito! - sorri gentilmente.

- Obrigado! - Takanori retribuiu o sorriso um pouco envergonhado.

- Ok, agora deitesse ali e mostre-me a sua expressão natural.

Takanori foi até algumas almofadas beges e deitou sobre elas. Após suspirou tentando se soltar e se esforçando para não forjar a sua 'expressão natural'.

Tirei a foto e logo após percebi que Takanori apertou os olhos por causa do flash...

- Isso mesmo, agora eu quero que vire um pouco o rosto e que faça uma cara séria e sexy...

Takanori respirou fundo, arrumou as pernas ajeitando a roupa e virou um pouco o rosto de lado.

- Pense em algo excitante... Passe a língua nos seus lábios, eles estão secos...

Takanori obedeceu.

- Agora morda o lábio inferior... Vamos, seduza-me!

O garoto após ouvir aquelas palavras, sorriu de canto enquanto mordia o lábio inferior.

- Perfeito!

Tirei duas fotos. Aquele garoto levava jeito, fazia perfeitamente o que eu mandava e do jeito que eu imaginava. Ele me deixava com um gostinho de quero mais... E ele com certeza tinha algo que os garotos das fotos não tinham, algo que despertava um tesão imenso em mim... Mas eu não sabia ao certo o que era... Batemos mais algumas foto.

- Me perdoe mas eu tenho um compromisso daqui a uma hora e tenho que chegar em casa e tomar um banho ainda... Essas fotos já bastam?
- Já sim...
Peguei um bloco e uma caneta e os entreguei a ele.
- Anote o seu telefone e nome completo, por favor!
- Claro.
Ele anotou, pegou suas roupas e caminhou até o trocador e trocou de roupa. Após veio até mim:
- Você me liga assim que decidir alguma coisa né?
- Sim, claro!
- Ok, então eu vou indo por que eu ainda tenho que conseguir um táxi á essa hora...
Eu olhei para o relógio e vi que já estava na minha hora de ir embora também.
- Eu também já vou indo... Você mora muito longe?
- Um pouco...
- Quer uma carona?
- Eu adoraria!
- Ótimo! Eu só preciso pegar algumas coisas em meu escritório aí podemos ir...
- Tudo bem, obrigado.
- Não por isso.
Eu peguei a camera e sai daquela sala seguido pelo garoto. Nós fomos até a minha sala e eu peguei as minhas chaves e mais algumas coisas que eu levava para o trabalho. No caminho da saída da agência esbarramos com o Kouyou.
- Já vai pra casa Aki-san? - perguntou o das coxas grandes com voz manhosa.
- Já sim... Vou dar uma carona para Taknori, você vem também?
Kouyou olhou para o menor dos pés a cabeça com um pouco de antipatia.
- Não, não, obrigado. Eu vou pra casa mais tarde.
- Tá bom, até amanhã.
- Até.
- Tchau! - disse Takanori tentando ser simpático mas não foi correspondido.
Kouyou e eu não namorávamos, só transávamos e trocávamos carícias as vezes, mas ele sempre tivera ciúmes de mim. Ele sabia que o meu lance era transar com os modelos e em troca dar á eles a fama... E ele percebeu que eu queria aquele garoto e isso não o agradava nem um pouco, pelo contrário, deixava-o com muita raiva.
Então eu e Takanori fomos até o meu carro que estava estacionado em frente á agência. Eu desliguei o alarme e abri a porta para o menor que entrara no mesmo, sorrindo gentilmente.
Logo aós eu dei a volta no mesmo e entrei nele. Ambos colocamos o cinto e eu comecei a dirigir.
- Aonde você mora? - perguntei quebrando o silêncio.
- Daqui a seis quarteirões vire a direita... Eu divido um apartamento...
- Hmm...
De repente o telefone dele toca e ele atende:
- Alô... Eu mesmo! Mesmo? Tá bom... obrigado por avisar... Tchau.
Ele fecha o flip do aparelho e suspira.
- O que houve? - perguntei.
- Lembra daquele compromisso que eu disse que tinha daqui a uma hora?
- Lembro o que tem?
- Acabara de me ligar para avisar que foi cancelado...
- Nossa...
Depois de seis quarteirões eu virei a esquerda e parei em frente a um prédio grande.
- É esse aí?
- É sim.
Takanori olhou para mim após tirou o cinto, sorrindo:
- Obrigado pela carona! Foi muito gentil da sau parte me trazer em casa...
- Capaz. Eu posso usar o seu banheiro?
- Claro.
Nós saímos do carro e antes de entrar no edifício eu liguei o alarme do carro.
Caminhamos até o elevador. Não demorou muito para que as portas de ferro se abrissem. Entramos no mesmo e Takanori apertou o botão número 6 do painel de botões.
Assim que o elevador parou e abriu as portas, nós andamos pelo corredor e paramos em frente ao apartamento número 144.
Takanori abriu a porta e nós entramos.
- O banheiro fica na porta avermelhada... Fique a vontade.
- Obrigado.
Eu fui ao banheiro e assim que sai, vi Takanori conversando com um garoto...

{CONTINUA... -q}
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
Harada'Otaku-chan
Membro
Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 799
Idade : 22
Localização : JAPAN
Hobbies : MANGA; ANIME; TATTOO; MUSICA; DESENHO
The Gazette favorito : The Gazette , é The Gazette |m|
Data de inscrição : 14/07/2010

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Dom Abr 17, 2011 2:28 pm

Hello PonPon-chan ! Well , estou a gostar bastante da fanfic haha ! Gostei de saber que o "Aki-san" se masturba a ver fotos de modelos hahahaha , e mesmo funny , e o Ruki modelo sem AL-TU-RA tambem X'D
Bem ... continua , acho que vai ficar interessante !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Dom Abr 17, 2011 9:17 pm

Uhuhuhu seduz aii o Reita pahhh...
* passando à frente *
Com quem é que o Ruki , que não tem AL-TU-RA, mora ?
Opa desculpem mas eu achei mesmo piada à boca do Uruha por causa da altura do Ruki xD
Agora que o Reita sabe onde mora o Ruki , será que ele estará a salvo ??!
Continua sim ^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Seg Abr 18, 2011 4:55 pm

aaaaaaaaaah que bom que gostaram <3333

vou continuar postando então ^-^'

--------------------------

Capítulo 3 - Eu não te amo


Logo Takanori cortou o assuunto e veio até mim:
- Seu namorado? - perguntei.
- Não, não. A gente divide este apartamento... Ele é o meu melhor amigo na verdade!
- Ata... Então, eu vou dar uma olhada nas suas fotos, vou mostrá-las aos demais da minha equipe e te ligo para falar da nossa decisão.
- Está bem... Muito obrigado por tudo... MESMO!
- Capaz.
Eu caminhei até a porta e antes de sair por ela, dei uma última olhada naquele garoto tentador que me observava atentamente e sorridente, após saí.
Entre no carro e dirigi até a minha casa. Assim que cheguei lá, notei um táxi estacionado em frente ao meu portão. Então fui até a janela do veículo e o motorista baixou o vidro.
- Com licença amigo, quem você está esperando?
- Um garoto de coxas grandes que entrou nesta casa aí!
- Ele já pagou a corrida?
- Pagou a metade só.
Tirei alguns trocados do bolso e os entreguei ao homem:
- Isso dá?
- Dá e sobra!
- Ótimo! Fique com o que sobrar e pode ir...
- Tem certeza?
- Absoluta!
O homem colocou o cinto e foi embora. Eu então, entrei em casa após ligar o alarme do carro. Só existia uma pessoa que tinha a cópia da chave da minha casa, que entraria lá com intuito de me pegar no flagra transando com Takanori... Takashima Kouyou era esta pessoa. Mas infelizmente, o seus pensamentos estavam errados...
Fui até a sala onde me deparei com aquela silhueta sexy e tendadora, escorada na minha janela com um cigarro entre os dedos e um copo de vodka na mão. Após dar uma longa tragada em seu cigarro ele tomou um gole da sua bebida e levou um susto ao ouvir minha voz repentinamente:
- Então finalmente usou a cópia da chave que eu lhe dei?
Ele atirou o cigarro pela janela, tomou o resto da vodka, colocou o copo sobre a mesa de centro e voltou-se a mim um pouco surpreso:
- Aki-sam... E-Eu... Ué, você está sozinho?
Eu ri enquanto me aproximava dele:
- Claro, quero dizer, agora estamos eu e você! Apenas nós dois...
Peguei na cintura dele, trazendo o seu corpo para perto do meu.
- M-mas eu pensei que...
- Pensou errado! - interrompi e logo após aproximei o meu rosto do dele, esfreguei os meus lábios nos dele, lambi os mesmos e os beijei intensamente. Senti o corpo de Kouyou estremecer ao receber aquele beijo, eu adorava sentí-lo estremecer ao receber minhas carícias. Todas as minhas avenuras sexuais tinham sido com aquele garoto que sempre estivera ao meu lado, se declarando como podia pra mim, enquanto eu...!? Sempre dizia que o nosso lance sempre era e sempre será apenas sexo... Não sabia porque ele insistia em mim, mesmo sabendo o que eu pensava e sentia sobre ele, mas eu nunca neguei prazer aos necessitados... Para mim isso sempre foi um pecado!
Eu desci minhas mãos até a bunda dele, pegando com firmeza nas nadegas, pertando-as, ainda dentro daquele beijo. Sentia ele segurando a barra da minha blusa com força, vez ou outra tentando tirá-la sem sucesso... Eu então, o ajudei a retirar a minha blusa e voltei a beijá-lo, interrompendo o beijo novamente, tirando a regata dele.
Ele pegou a minha mão e me guiou até o sofá. Deitou-se no mesmo e me puxou para cima dele. Eu o beijei enquanto abria o botão e o zíper da minha calça. Quando finalmente tirei minha calça, ficando apenas de boxer, notei que ele já havia tirado o restante da roupa e estava nú.
- Faz tanto tempo que você não me pega de jeito... - dizia ele enquanto brincava com o elástico da minha boxer.
- Faz mesmo! Mas hoje a gente tira o atrasado...
- Hmm... Adoro quando você fala assim...
Ele saiu debaixo de mim e se ajoelhou.
- Senta!
Eu sentei, ele tirou minha boxer e me lançou um olhar sensual e tentador seguido de um sorriso malicioso. Segurou o meu membro que já estava ereto com firmeza e começou a estimulá-lo com movimentos de vai-e-vem.
- Nossa Aki-san, a brincadeira mau começou e você já está duro!?
Eu fechei os olhos e por entre meus lábios um gemido mudo escapou.
- E-eu fico duro... r-rápido!
- Uhum...
Olhei para Kouyou que me fitava com aquele sorriso malicioso e com uma das mãos habeis em meu membro me fazendo enlouquecer enquanto a outra alisava a minha coxa.
- Eu queria tanto que você gostasse de mim...
- M-mas eu gosto, meu anjo!
- Não do jeito que eu queria que você gostasse.
Voltei a olhá-lo mas não soube o que dizer, estava tão excitado que não conseguia pensar em nada. Larguei a cabeça para trás e senti a mão dele segurar o meu membro ainda fazendo aqueles movimentos deliciosos, aproximando-o da boca.
Senti a língua dele passando em volta da ponta do meu membro me deixando ainda mais louco.
Ele colocou o meu membro na boca e começou a fazer sucções com esmero no semi-rígido falo.
Eu comecei a gemer. Peguei uma mecha do cabelo dele e comecei a puxar devagar. Eu estava quase explodindo de prazer.
- A-assim Kou-chan... N-não pare!
- Hmm... - Ele gemera com o meu membro ainda dentro da boca.
Eu já não aguentava mais segurar, então liberei o liquido quente esbranquiçado em jatinhos dentro da boca dele, o que não o impedia de continuar a chupar o meu membro.
Após mais algumas chupadas, eu fiquei de pé, segurei em um dos braços dele e o puxei, fazendo-o ficar de pé também. Eu o beijei e em seguida o deitei no sofá. Distribui beijos seguidos de lambidas e puxões pelo pescoço dele, fazendo com que sua pele começasse a ficar avermelhada.
Desci um pouco mais pelo corpo do mesmo até o peito liso. Enrosquei a língua em um dos mamilos rosados, após o suguei com um pouco de força e fiz o mesmo com o outro.
Ouvi Kouyou gemer diversas vezes durante as minhas carícias e isso me excitava muito.
Desci mais um pouco, beijando a barriga dele, até o umbigo.
Lambi o mesmo e depois entrelacei as pernas dele em volta da minha cintura para facilitar a penetração.
- Hmm Aki-san... - gemia ele cada vez mais ofegante.
- Prometo que vou ser gentil...
- Hmm... N-não seja... Por favor!
Eu ri malíciosamente, após alisei a entrada dele e passei diversas vezes a ponta do meu membro ainda úmido antes de começar a penetrar.
Comecei com um pouco de delicadeza, conforme eu notava que ele estava gostando, eu ia aumentando a intensidade.
Ele gemia muito e alto, enquanto eu abafava um pouco os meus gemidos, mordendo o lábio inferior. Eu segurava a cintura dele e movia o quadril aumentando mais a intensidade e a força das penetrações.
Fui penetrando até chegar a próstata do garoto. Ele gemia e suava muito, sua respiração estava falha... Enfim, gozei dentro dele.
O mesmo gemeu ainda mais alto ao ter meu membro retirado de si.
Eu levantei e coloquei minha boxer. Peguei um cigarro, o acendi e sentei no sofá em frente ao que Kouyou encontrava-se ainda deitado. Levei o cigarro aos lábios e aproveitei ao máximo a ótima sensação da primeira tragada.
- Ai Aki-san, como você é insensível... - reclamou o outro.
Eu não respondi. Dei mais algumas tragadas, levantei e coloquei o restante da roupa. Caminhei em direção a minha sala de trabalho quando ouvi a voz aspera do outro:
- Onde você PENSA que vai fazer? - perguntou em um tom furioso.

{CONTINUA... -q}
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
Harada'Otaku-chan
Membro
Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 799
Idade : 22
Localização : JAPAN
Hobbies : MANGA; ANIME; TATTOO; MUSICA; DESENHO
The Gazette favorito : The Gazette , é The Gazette |m|
Data de inscrição : 14/07/2010

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Ter Abr 19, 2011 1:06 am

Nao , o Reita saiu valente mesmo , passa o dia a masturbar-se , ainda tem a lata de chegar a casa , fode com o Uru-chan como e que as bolas dele ainda produzem semen restante para ele se vir ? X'D
Opa estou a gostar muito mesmo , mas o Uru-kun e a putinha dele Sad e agora vai-se revoltar MUHAHAHHAHA . CONTINUA ONEGAI PONPON Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qua Abr 20, 2011 2:24 am

NHOIN, que bom que tem alguém acompanhando *-*
aí está mais um capítulo!


-------------------



Capítulo 4 - Sem ciúmes, por favor!



Ele continuava a me fitar esperando uma resposta.
- Bem, eu vou mandar as fotos do Takanori para o restante da minha equipe e avisá-los que uma das vagas já é dele.
- O QUE!? Não acredito que você selecionou aquele toco de amarrar bode!?
- Ora Kou-Chan, não fale assim do garoto! Contudo ele ser pequeno tem algo nele que me encanta. Aquela beleza rara, sensualidade nos gestos, no andar, no falar me deixou maravilhado!
- Maravilhado coisa nenhuma, você quer é comer ele. Mas já vou avisando que ele não parece ser do tipo que dá o cú pra ser famoso, não.
Eu ri irônicamente:
- Engraçado é que me falam exatamente o mesmo de você!
Ele ficou cabisbaixo e não respondeu. Eu sabia que ele não gostava quando eu falava daquela forma, mas era a única forma de fazer com que ele parasse de duvidar do meu 'poder de sedução'.
Eu fui para a sala de trabalho, sentei na cadeira em frente ao computador e coloquei o cabo da camêra no mesmo. Mandei as fotos por e-mail para todos da minha equipem avisei que uma das vagas era dele e que eu não queria questionamentos sobre a minha decisão. Não demorou muito para que me mandasse um e-mail de resposta comunicando que já haviam selecionado os outros dois que fariam a campanha com Takanori e com o Kouyou.
Kouyou então, bateu na porta, chamando minha atenção e fazendo com que eu olhasse para ele.
- Vou ir pra casa já que você vai ficar ai, babando enquanto vê as fotos deste pirralho...
- Ambos sabemos que eu não irei apenas babar...
- Safado, filho de uma puta.
- Aham, segue teu rumo gato e nos cruzamos amanhã lá na agência.
- Hunf! Até.
Ele saiu um pouco irritado, mas ele não conseguia ficar bravo comigo por muito tempo. Então eu peguei o papel onde estava escrito o número de telefone do Takanori de dentro do bolso da minha calça e peguei o meu celular. Disquei o número e esperei. Chamou duas vezes até que eu ouvi aquela voz doce pronunciar a palavra "alô".
- Alô, Takanori?
- Eu mesmo, quem fala?
- Sou eu, Suzuki Akira, da agência Fay.
- Ah sim, o que deseja?
- Não lhe disse que assim que decidícimos algo sobre você, eu ligaria?
- Sim! Mas já decidiram assim tão depressa?
- Já sim...
- E então...?
- E então que, uma das vagas é sua!
- Você tá brincando não é?
- Não, é sério. Você tem todas as qualidades que procurávamos.
- Puta que pariu eu... Ah, desculpa o palavrão é que eu... Cara, eu não tô acreditando!
- Tudo bem! Acredite! Já escolhemos os outros dois modelos também, então os ensaios fotográficos começam amanhã... Tudo bem pra você?
- Claro! Posso levar alguém? Para me acompanhar e tal...
- Sim...
- Obrigado!
- Que mau lhe pergunte, quem você pretende levar?
- O meu melhor amigo! Ele está estudando para ser fotógrafo e ele adimira muito o seu trabalho na agência... Achei que ele adoraria vê-lo em ação.
- Oh, claro, traga-o.
- Levarei sim. Qual horário?
- O ensaio começa as 10 horas mas se você poder vir antes para experimentar as roupas, fazer maquiagem e essas coisas todas, seria bem melhor.
- Ok. Chegarei antes das 10 horas.
- Está bem, até amanhã.
- Até.
Eu desliguei o telefone e fui para a cozinha. Lá eu jantei e lavei a louça após terminar a refeição. Em seguida fui até o banheiro, me despi, tirei a faixa que cobria o meu nariz e a coloquei em cima de um cesto. Entrei no box, liguei o chuveiro no morno e observei o cair das gotas d'água enquanto o meu corpo ia se acostumando com a temperatura da mesma e do ambiente.
Após comecei a me molhar aos poucos, deixando a água escorrer por cada centímetro do meu corpo e fazendo meus músculos relazarem cada vez mais.
Depois de alguns minutos de banho eu saí do box, peguei a toalha e passei no cabelo e em todo o meu corpo afim de tirar apenas o excesso de água. Enrolei a toalha em torno da minha cintura, peguei minha faixa e fui para o meu quarto.
Larguei a faixa em cima do criado-mudo do lado da minha cama, fui até o roupeiro, peguei apenas uma bermuda e a vesti. Passei a toalha mais uma vez no meu cabelo, atirei a mesma em qualquer canto, peguei o secador, o liguei na tomada e terminei de secar o meu cabelo com o mesmo e após o desliguei.
Deitei na cama e comecei a pensar no conteúdo do meu dia e pensando que amanhã seria muito melhor pois eu irei passar a tarde toda trancado em uma sala com quatro garotos lindos e amanhã tambám começarei a dar em cima do Takanori.
Aquela coisinha pequena e gostosa não saía da minha cabeça. Aquele corpo, aquele olhar, aquela voz, aqueles lábios, o modo de falar e caminhar, o modo com que posa nas fotos, a obediência, a sensualidade... São muitas qualidades em uma só pessoa!
Eu estava realmente querendo e muito aquele garoto... E tudo o que eu quero, eu consigo!
Precisava pensar em algo, mas hoje não... Eu estava exausto e precisava dormir. Virei de lado, abracei um dos muitos travesseiros que cobríam a minha cama e adormeci.

-------------

Acordei com o despertador tocando e o desliguei. Eram 7:45 min.
Levantei, troquei de roupa, coloquei minha faixa após arrumar o cabelo e fui em direção ao banheiro, quando ouvi um barulho vindo da cozinha. Peguei em uma das gavetas do armário do corredor, uma arma e conferi se estava carregada. E estava.
Colocando-a em frente ao meu corpo vagarosamente fui até a porta da cozinha e apontei a arma para o induvíduo parado de costas pra porta, em frente ao fogão.

{CONTINUA... -q}
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
Harada'Otaku-chan
Membro
Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 799
Idade : 22
Localização : JAPAN
Hobbies : MANGA; ANIME; TATTOO; MUSICA; DESENHO
The Gazette favorito : The Gazette , é The Gazette |m|
Data de inscrição : 14/07/2010

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qua Abr 20, 2011 6:11 pm

Passa a vida a dar em cima do Kou , e depois o Taka , o melhor amigo do Ruki , vai ser o Kai aposto e depois ele vai querer dar em cima do Kai -kun tambem X'D
Este Reita mata-se mesmo , asserio , fizeste dele um personagem tao sadico e tao estupido , que eu ate me rio Very Happy E nao era feio assaltarem-lhe a casa e fazerem dele o uke XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qui Abr 21, 2011 6:07 pm

Toco de amarrar bode xD
Ai o que eu me ri
Amo os comentários do Uru-chan em relação ao Ruki
Reita deu ali uma de machão potente Cool
Bem rude quando disse que não se ia só babar com as fotos do toco de amarra bode xD
Epa um aparte , já tínhamos muitos nomes para o Ruki , mas este sem duvida é o melhor
Elllá quem está em casa do Reita ?? *não sou eu, não sou eu*
Ao menos o Reita está seguro com uma arma na gaveta e outra ...*e calei-me*

Continua sim^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qui Abr 21, 2011 8:18 pm

oopa, PonPon riu muito com o seu comentário, Lala-chan Laughing
e seria uma boa essa história de assalto/fazer dele o uke, Harada-chan ... Mas realmente a PonPon não imagina o Aki-san como uke
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qui Abr 21, 2011 8:22 pm

Então, continuando...

-----------------------

Capítulo 5 - Birras atrapalham o trabalho...



Para a minha surpresa era Kouyou. Por pouco eu não aperto o gatilho.
- Você está ficando louco? Eu quase matei você!
- Hm?
- Nada, esquece...

Guardei a arma por dentro da calça.

- O que você está fazendo? - perguntei me aproximando dele.
- O seu café...

Eu o abracei por trás e beijei o pescoço do mesmo fazendo com que ficasse todo arrepiado.

- Você é um bom garoto! - ditei com os lábios bem próximos do ouvido dele em seguida lambi a ponta da mesma.
- É, eu sei...
- E é convencido também.
- Ser convencido não é defeito e sim uma qualidade. E se eu não fosse tão idiota, eu seria perfeito!
- Por que diz isso?

Ele pegou a leiteira quente de cima do fogão e a colocou em cima da mesa, fugindo dos meus braços.

- Ah, você sabe Aki-san... Eu sou um idiota por que eu...
- Por que você...?
- Por que eu sou como um cachorrinho pra você: Você manda e eu obedeço! Até venho aqui na sua casa fazer seu café da manhã pra você!
Penso sempre primeiramente em você e depois em mim.
- Mas eu não te forço a fazer nada. Ou faço?
- Não Akira, eu faço isso por que... por que eu sou completamente apaixonado por você, eu te amo e você sabe disso e sempre fingi que não sabe.
- A gente já conversou milhares de vezes sobre isso Kouyou, eu não quero nem nunca quis magoar você, por isso te falei a verdade, que eu não sinto o mesmo... Para não te iludir e depois sair eu, como o vilão da história.
- Se você não se importa, eu não quero mais falar sobre isso.

Eu não respondi, apenas respeitei o desejo dele. Ambos nos sentamos a mesa e tomamos café em silêncio.
Após a refeição Kouyou retirou a louça, colocou na pia e lavou tudo. Após veio até mimque permaneci sentado observando-o e me beijou.

- Bom meu amor, acho que já vou indo para a agência...
- Ah claro, eu vou pegar as minhas chaves aí a gente vai.
- Mas não vai criar fofoca chegarmos juntos?
- Que se foda! Eu dou carona pra quem eu quiser. E não deixarei que você gaste o dinheiro do seu aluguel muito menos canse as suas belas pernas.
- Se você acha que está tudo bem, eu também acho.

Ele me deu outro beijo e então levantei, peguei minhas chaves, fechei toda a casa, desliguei o alarme do carro, abri a porta para ele, dei a volta no carro e entrei no mesmo. Em seguida o liguei a comecei a dirigir. Após alguns minutos eu estacionei na minha vaga particular do estacionamento da agência.
Eu e Kouyou entramos na agência. Ele subiu as escadas para chegar até sala onde ocorreriam a maioria das fotos e onde os modelos deveriam ficar. Já eram 9:35 min.
Peguei em minha sala a minha melhor câmera e fui para a sala onde os modelos estavam, alguns andares a cima. Quando eu entrei lá, me deparei com cinco beldades. Uma delas era Takanori que estava radiante entre os de mais garotos.

- Bom dia, pra quem ainda não me conhece, me chamo Suzuki Akira e além de dono desta agência irei fotografá-los! Peço apartir de agora com todo o respeito que fiquem em silêncio e ouçam com atenção pois começarei a distribuíção do figurino das fotos.
Todos se encontravam sentados em fileira e em frente a esta fileira havia uma cadeira onde eu me sentei. Ao lado da minha cadeira havia uma caixa com algumas roupas bem ajeitadas e com etiquetas com nomes. Peguei a primeira e li o nome em voz alta:
- Está é do... Kyo Masashi.
Um garoto alto, de cabelo loiro e pontas azuladas e olhos negros levantou-se e veio até mim. Entreguei a roupa ao garoto que abriu um largo sorriso:
- Obrigado! - disse ele, após se sentou.
- Vejamos, - peguei outra roupa e verifiquei o nome na etiqueta - está é do... Kizaki Yuki.
Um garoto de estatura média, com longos cabelos negros e vestido com uma roupa estravagante e chamativa levantou-se, pegou a roupa, sorriu e após voltou a sentar-se.
Pegeui outra roupa que parecia mais uma fantasia erótica do que uma roupa para fotos de um catálogo de moda sem censura. Tive tanta certeza de quem era que nem li o nome na etiqueta:
- Acho que esta é sua Kouyou.
Kouyou levantou-se, exibindo suas belas coxas e o rebolado mais sensual que qualquer já havia visto, pegou a roupa e abriu um sorriso malicioso ao ver como a mesma era:
- A mais sexy sempre é a minha!
Ele piscou para mim e se sentou.
A última roupa tinha uma aparência estilo anos 60, parecia um pouco batida, não era algo bonito tenho que confessar, mas não era eu quem escolhia as roupas.
- Sobrou esta aqui...
Eu olhei para Takanori após olhar a roupa e notei que sentado ao seu lado havia outro garoto. Tinha pele alva, cabelos negros, tinha uma postura sexy e o que o deixava ainda mais tentador era o detalhe do piercing no grande lábio inferior.
- Mas temos DOIS ainda? - estranhei.
- Não, não. Eu apenas vim com o Takanori, sou tipo... um 'acompanhante'.
- Ah, então esta é sua Takanori.
Ele pegou a roupa mas na sua face não havia nenhuma expressão. A expressão só surgiu quando ele notou que a roupa era grande demais para ele, e essa expressão era de decepção. Observando mais um pouco a roupa, ele olhou na etiqueta e voltou-se á Kouyou:
- Com licença, eu acho que houve um engano... Você está com a minha roupa.
- Tá falando comigo baixinho?
As palavras saíram asperas e ofencivas da boca de Kouyou um pouco alto. Takanori se assustou um pouco com a reação do outro então, delicadamente ele mostrou a Kouyou a etiqueta da sua roupa. Na mesma estava escrito um pouco borrado, mas legível, o nome: " Kouyou".
Kouyou levantou enraivecido atirando a roupa no chão, pegou com mais raiva ainda a que tinha seu nome e saiu da sala.
Então, Takanori voltou-se a mim:
- Eu fiz algo errado?
- Não, imagina! Kouyou é assim mesmo, faz birra por qualquer coisa. Se ele quer algo e não consegue, ele pira. Você terá que se acostumar.
Ele forjou um sorriso de canto e foi até o bebedouro em um dos cantos da sala enquanto eu fui até o seu amigo:
- Com licença, qual é o seu nome?
- Ah, não acredito que você veio falar comigo...
- Hm?
- Ah, desculpe é que eu realmente sou seu fã. Me chamo Shiroyama Yuu.
- Tudo bem. Bom Yuu, posso lhe chamar assim?
- Claro!
- Você pode me fazer um favor?
- Pra você... eu faço qualquer coisa.
Após aquelas palavra me imaginei com aquele garoto dentro de um quarto de motel, ele de quatro na minha frente, gemendo muito e usando uma coleira, onde a outra ponta permanecia firme em minha mão até mesmo em meio as penetradas. Mas acordei dos meus pensamentos pois eu estava no trabalho e eu precisava que o Kouyou voltasse ao ensaio:
- Err... Você viu o garoto que acabou de sair da sala?
- Aham...
- Você poderia procurá-lo e convence-lo a voltar ao ensaio? Por favor! Se você conseguir traze-lo aqui, juro que lhe recompenso de forma justa e que lhe agrade.
Ele ri, me olhou dos pés a cabeça e suspirou:
- E eu poderei escolher a forma de pagamento?
- Podemos negociar...
- Eu já tenho algo em mente...
- Já?
- Uhum... Mas eu te conto outro dia, este não é o lugar apropriado.
- É verdade. Então fará este favor para mim?
- Tentarei!
- Ótimo! Obrigado.
- Não por isso.
Ele retirou-se da sala sorrindo. Enquanto isso voltei-me aos três garotos ali presentes:
- Então, vistam-se! Em cada canto desta sala há um trocador... Vamos, mexam-se!


{CONTINUA... -q}
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
Harada'Otaku-chan
Membro
Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 799
Idade : 22
Localização : JAPAN
Hobbies : MANGA; ANIME; TATTOO; MUSICA; DESENHO
The Gazette favorito : The Gazette , é The Gazette |m|
Data de inscrição : 14/07/2010

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Sex Abr 22, 2011 9:21 pm

AOI A MARCAR TERRENO ... HAHAHA ! Adorei o capitulo , esta divertido , e ao mesmo tempo deixa uma pinta de "desejo" de ver o resto ! E realmente ... o Uruha e um triste nesta fic X'D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Dom Abr 24, 2011 10:12 pm

Reita seu taradão , já ali a pensar porco da frase "inocente" do Aoi
Epá eu amo o Uruha , mas aquele ar de superior é que me mata , "- Tá falando comigo baixinho?" xD
Mas o Ruki lixou-o , foi muito bem feita *apanha* mas é verdade
Uma coisinha , o Kai quando aparece ?? *apanha*
Eu ainda quero ver o que o Aoi tem em mente...

Continua ^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Seg Abr 25, 2011 3:36 am

HOHO, a ponpon sempre dá um jeito do Aoi entrar em cena <333 -q
ah e sobre o kai... estava nos planos colocá-lo na fic mas a criatividade da PonPon foi para outros lados aí deu em uma história um tanto... "triste"...
Mais perto do final entenderam confused

AAH, e obrigada por acompanharem mesmo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Seg Abr 25, 2011 3:41 am

Capítulo 6 - Bebados falam a verdade?





Não demorou muito para que os três garotos saíssem vestidos dos trocadores e então o maquiador entrou na sala e começou a fazer o seu trabalho.Ouvi então o meu celular tocar, era uma mensagem.
Eu peguei o celular do bolso da calça e vi que era uma mensagem de um número desconhecido. Então eu a li.Nela estava escrito: " Akira, encontrei o Kouyou e nós estamos na antiga sala de costura que esta fora de funcionamento. Eu conversei bastante com ele e ele resolveu que vai fazer as fotos e o desfile, mas ele quer que você arrume outra roupa para ele e que mande o maquiador trazer.Ps.: Mande o maquiador obviamente.- Yuu "
Eu procurei no meio dos tecidos e encontrei algo "usável". Tinha bastante brilho, combinava com o Kouyou.Assim que o maquiador terminou seu trabalho com os modelos, eu chamei ele em um canto e pedi para que ele levasse a roupa á Kouyou, o maquiasse e pedisse para que viesse quando estivesse pronto.Após ouvir atentamente as minhas ordens ele se retirou da sala.Eu fui até os garotos que estavam a minha espera.Um garoto derrepente entrou na sala e me chamou:
- Akira!?
Eu fui até ele um pouco desonfiado:
- Diga.
- Eu sou Yutaka, um fotógrafo novo na agência e eu recebi ordens para comandar esse ensaio fotográfico.
- E quem foi que lhe deu ordens?
- O sr. Kaoru, seu pai, me mandou um e-mail agora pouco... Se quiser ver eu lhe mostro!
Eu nunca questionava as ordens do meu pai, pois foi ele quem me colocou no comando da agência e ele é o único que pode me tirar.Entao concordei em deixá-lo fotográfar os meninos e me sentei para vê-lo trabalhar.Ele começou a fotografá-los, individualmente e em conjunto. Assim que ele tirava as fotos, me mostrava para saber minha opnião. As fotos saíam com um toque meigo mas sem perder a sensualidade, mas faltava algo...Olhando os garotos naquelas poses que me faziam viajar em meus pensamentos pervertidos, naquelas roupas ousadas e sexy, me lembrou de algo.
Algo que estava faltando naquelas fotos... Estava faltando o Kouyou...Depois de algumas horas ele deu um tempo para os modelos se alimentarem e se hidratarem. Enquanto ele e os outros modelos saíam da sala, Takanori permaneceu na sala, intertido com algo no celular.Em meio ao silêncio eu ouvi um barulho na porta e em seguida olhei curioso.
Eram Yuu e Kouyou.O moreno me olhou sorrindo, em seguida sentou ao lado de Takanori e Kouyou veio até mim.Eu levantei, olhei para Kouyou dos pés a cabeça e notei que a roupa que eu tinha achado em meio aos tecidos havia se encaixado como uma luva naquelas curvas
.- E então...? - ele deu uma voltinha e após me fitou sorridente.
- Você está lindo!
- Eu já nasci assim.
Nós rimos e percebemos que o fotográfo e o restante dos modelos estavam entrando na sala. Eu dei um beijo na buchecha dele e voltei a me sentar.O fotógrafo voltou-se para ele e estranhou:
- Hei, quem é você? - perguntou ele.
- Você deveria saber quem eu sou, afinal eu sou o modelo que representa esta agência. O nome Takashima Kouyou te lembra alguém?
O fotógrafo ficou sem graça, corado:
- Oh, claro, me desculpe.
- E você, quem é?
- Sou Yutaka, o fotógrafo.
- Mas...
- Sem mais, estamos atrasados. Quero dizer, você está atrasado. Junte-se com os outro ali...
Kouyou juntou-se com o restante dos modelos, o fotógrafo me olhou e voltou-se aos garotos:
- Reunam-se aqui, em frente ao fundo azul claro.Os garotos obedeceram.
- Prestem atenção, eu quero formar um tipo de 'casais'. Vamos lá, o maior mais próximo do menor.
- Mas isso nunca tinha ocorrido antes... - questionou Kouyou.
- Não me diga com fazer meu trabalho. Vamos, chegue mais próximo do Takanori.
Kouyou olhou para Takanori e após para o fotógrafo um pouco revoltado:
- Por que tem que ser com ele?
- Por que você ficou enrolando e os outros dois já se ajeitaram...
Ele não questionou. Ficou ao lado de Takanori e se esforçou ao máximo para sorrir. Após tirar algumas fotos ele veio até mim:
- Você tem horas?
Eu olhei em meu relógio de pulso e após para ele:
- São 19:45...
- Está ficando tarde... Posso lhe pedir algo?
- Peça.
- Preciso fotografar em duplas agora, se eu for fazer uma dupla de cada vez, vou ficar aqui até amanhã de tarde e as fotos vão sair uma merda por culpa da pressa... Então será que você não podia me ajudar, fotografando uma das duplas?
Eu pensei um pouco, olhei para os garotos e após para ele:
- Mesmo que eu topasse em te ajudar, ficaríamos aqui até a madrugada...
- Mas é mens tempo!
- É, você tem razão! Conte com a minha ajuda.
- Legal, obrigado. Quer escolher a dupla que você quer fotografar?
Eu olhei para os garotos, em seguida apenas para Kouyou e Takanori e imaginei os dois posando para uma revista pornográfica. Só de pensar eu já ficava excitado. Os outros garotos também eram bonitos, mas eu já tinha os meus preferidos:
- O Kouyou e o Takanori!
Ele sorriu, após foi até os garotos:
- Kouyou e Takanori, vocês vão acompanhar o Akira agora e ficarão sobre a responsabilidade dele, enquantos os outros permanecem comigo.
Kouyou veio até mim sorrindo, seguido por Takanori e Yuu. Levantei-me, ambos saímos daquela sala e entramos em outra, ao lado.Assim que entramos na sala, eu foi até a mini-geladeira, peguei uma garrafa de vodka e quatro copos. Coloquei uma boa quantia da bebida em cada um dos copos e os entreguei aos garotos.Takanori olhou para o liquido dentro do copo e depois para mim:
- O que é isso?
- Experimenta.
Ele voltou a olhar para a bebida até que finalmente arranjou coragem, tomou um longo gole e fez uma careta após engolir os liquido.
- É forte... e bom! - disse ele voltando a beber.
Nós continuamos bebendo até que nós quatro bebemos cinco garrafas juntos. Então eu fui em direção a câmera que ficava em frente a um cenário neutro, ignorando este fato:
- Yuu, pode sentar, enquanto a vocês garotos, fiquem neste cenário neutro, de costas um para o outro.
Não precisou falar duas vezes, Kouyou foi o primeiro a se posicionar. Em seguida Takanori se aproximou sem pressa e ficou de costas para o Kouyou.
- Ótimo! Agora eu quero mas expressão facil, espírito de grandeza.Kouyou riu, após fez a sua 'cara de metido'.
Takanori pensou um pouco e acabou fazendo uma cara mais sensual.Eu bati a foto e notei que Kouyou saiu olhando para Takanori então olhei para eles e ele estava fitando Takanori:
- Você se acha gostoso não é? Se acha melhor e mais sexy que eu! Mas só se acha meu filho! - ditou Kouyou totalmente alterado.
Após toda aquela bebida todos nós estavamos mais soltos mas com o Kouyou era diferente, ele estava completamente bebado.
- O que?
- É o que você ouviu. Aqui nem é o seu lugar!
Takanori riu irônicamente:
- Eu estou aqui por que eu mereço estar, por que eu batalhei por isso!
- Não, não, não, não mesmo! Você quer saber mesmo por que está aqui?
- Kouyou por favor, para com isso! Vamos voltar ao trabalho. - tentei interromper e impedi-lo de falar o que ele estava prestes a falar mas não consegui.
- Você só esta aqui por que o querido Akira, quer te comer!
- Como é que é?
- O que?
Yuu arregalhou os olhos em seguida olhou para mim que permaneci em silêncio.
- É isso ai. Quer te comer, chupar teu corpinho, te fazer gemer o nome dele a noite toda...
Após aquelas palavras, Kouyou colocou as mãos na cintura e riu vitorioso enquanto eu e os outros dois permanecíamos em silêncio.


{CONTINUA... -q}
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
Harada'Otaku-chan
Membro
Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 799
Idade : 22
Localização : JAPAN
Hobbies : MANGA; ANIME; TATTOO; MUSICA; DESENHO
The Gazette favorito : The Gazette , é The Gazette |m|
Data de inscrição : 14/07/2010

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Seg Abr 25, 2011 9:19 pm

OMG A MASCARA CAIU REITA - BUSTED X'D
Adorei PonPon-chan , principalmente a cena do Kai feito burro a entrar , finalmente el entrou , sera que ele quer comer alguem ? X')
Continua ! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Ter Abr 26, 2011 7:49 pm

Cruel aquele Uruha Twisted Evil
È mesmo invejoso
E agora era de valor o Ruki continuar e ir de livre vontade com o Reita xD gostava de ver as fuças do Uruha a cair no chão xD
Kai o novo fotografo , good good

Continua sim


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qui Abr 28, 2011 5:34 am

AAH *-*
Que bom que vocês estam gostando...
A PonPon tentou por o Kai de alguma forma por que se não me engano, alguém havia perguntado sobre, aí pensei na ideia ... rs
Fiquei realmente feliz em saber que 'deu certo'.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Qui Abr 28, 2011 5:36 am

Agora, continuando...

-----------------------



capítulo 7 - Primeiro beijo, novas sensações...


O silêncio predominava a sala, ninguém ousava em quebrar aquele clima tenso até que Takanori ergueu a cabeça, com a respiração um pouco ofegante e punhos serrados com expressão furiosa. Numa rapidez espantosa, acertou Kouyou com um soco no rosto, fazendo com que o mesmo caísse no chão bruscamente. Após cair em si o que acabara de fazer, Takanori saiu correndo.
Kouyou ajeitou o cabelo que cobria o seu rosto e alisou o local aonde recebera o golpe... O canto da boca sangrava. Eu olhei pra Yuu, que ficou paralisado ao ouvir tudo aquilo e ter presenciado o gesto agressivo do amigo que até então nunca fizera nada parecido e que sempre foi contra qualquer tipo de agressão, física ou verbal.
- Cuida dele, eu foi atrás do Takanori.
O moreno me olhou ainda confuso com tudo, levantou-se e foi até Kouyou que me olhava revoltado:
- Seu puto, o garoto me bate e você vai atrás dele me deixando aqui sangrando?
- CALA ESSA BOCA! - gritei após saí da sala.
---------------------
Procurei Takanori por todos os cantos e andares da agência mas não o encontrei. Procurei em todos os lugares, menos na cobertura, então eu subi pelas escadas até a mesma. Quando cheguei lá, vi o garoto sentado em um canto, abraçado nos joelhos:
- Takanori...
Ele olhou pra mim em silêncio e após deitou a cabeça sobre os joelhos. Então me aproximei e sentei ao lado dele.
- O que ele disse é verdade? - perguntou-me ele em um tom de voz baixo.
- Ignore o que ele disse, visívelmente ele estava bebado!
- Por que ele me odeia tanto? O que eu fiz para ele?
- Você no fez nada, ele só tem inveja da sua sorte!
- Da minha sorte?
- É, da sua sorte! Você conseguiu entrar em uma agência renomada sem insistir muito, em época de fotos e desfile importantes, mesmo estando fora dos padrões de um modelo tradicional, você conseguiu agradar a mim e aos superiores e por fim acabou realizando isso totalmetente grátis! Se isso não é sorte é o que?
- Talvez seja sorte mesmo... Mas o que a minha 'sorte' tem haver com ele me odiar?
- Tudo! Quantos book's você já fez na vida?
- Além daquelas fotos de ontem e as de hoje... Nenhum!
- Em quantas agências você já trabalhou?
- Esta é a primeira...
- É exatamente isso que eu estou dizendo... Kouyou para chegar onde ele está hoje, teve que batalhar muito, gasto muito dinheiro com book's para agências que não deram em nada... E mesmo depois que contratamos ele, demorou bastante para que ele desfilasse representando a nossa agência...
- Por que?
- Por que ele no tinha mais de 1.70m de altura.
- Mas ele não pode sentir raiva só por que a vida não exigiu tanto de mim...
- É coisa da cabeça dele...
- Eu gostei dele... Ontem mesmo eu estava olhando a última revista em que ele foi capa, folhei e ache incrível as fotos. Ele é um garoto talentoso, carismático e eu não quero a antipatia dele, no mesmo!
- Amanhã, quando ele estiver sobrio, eu tenho certeza que ele verá que foi estúpido com você e virá pedir-lhe desculpas... É só uma questão de tempo.
- Obrigado por tudo o que tem feito por mim, você tem sido maravilhoso!
Ele soltou os joelhos e me abraçou deitando a cabeça no meu ombro. Sentir o calor daquele corpo mais perto de mim, foi a melhor coisa do meu dia. Eu retribui o abraço e nós o prolongamos até Takanori olhar para mim com o nariz colado no meu, que suava por debaixo da faixa. Meu coração disparou quando eu vi aquele rostinho lindo tão perto do meu. Ele olhava diretamente em meus olhos e quase que em cima de mim, colocava uma das mãos em minha cintura e a outra em meu tórax alisando-o vez ou outra e selou os lábios aos meus. Naquele momento eu pensei em jogá-lo no chão, arrancar as roupas que cobriam aquelas curvas e começar a fazer o melhor sexo, mais prazeroso e mais selvagem... Mas decidi deixá-lo por enquanto no controle pois ele parecia gostar disso...
Senti a língua dele invadindo a minha boca e vez ou outra se entrelaçando com a minha. Ambos fechamos os olhos e eu procurei ao máximo aproveitar cada segundo daquele beijo que estava sendo o melhor de todos que eu já havia recebido antes. Era doce, carinhoso, mas era intenso e me fazia torcer para que durasse para sempre. Minhas costas suavam devido ao calor e me faziam escorregar, então me deitei no chão e puxei aquele corpinho para cima do meu. Senti-lo estremecer era maravilhoso e me deixava cada vez mais excitado. Após aquele longo e intenso beijo, eu segurei a cintura dele com uma das mãos enquanto a outra tirava os cabelos do pescoço dele. Passei vagarosamente a língua no pescoço dele afim de sentir o doce sabor daquela pele alva e delicada. Depois de cobrir aquele pescoço macio de beijos, seguidos de chupadas, sem marcar a pele do garoto, ouvi ele gemer baixinho ao sentir meus lábios, mas após aquela troca de carícias, ele selou os meus lábios e levantou-se estendendo a mão em minha direção, em silêncio. Eu segurei a mão dele, me levantei e ambos fomos até a escada e começamos a descê-la.
Durante a descida pensei sobre aconteceu lá em cima... Foi a primeira vez que eu senti o meu coração bater tão acelerado. Desta vez havia sido diferente, não era apenas meu corpo que o queria, tudo em mim implorava para tê-lo.
Em meio aqueles pensamentos eu suspirei, chamando a atenção dele para mim que me olhou sorrindo.Após descermos até o último andar, nós fomos em direção a sala de fotográfia. Paramos em frente a porta, eu abri a mesma e ambos entramos.
Nos deparamos com Kouyou deitado em cima de Yuu nas almofadas. Ambos sem camisa, se beijando e Kouyou estava prestes a tirar a calça quando perceberam nossa presença.Kouyou pegou sua blusa e saiu de cima de Yuu colocando-a. Enquanto o moreno pegava sua camisa, corado e a colocava também.
- Bem, acho melhor voltarmos ao trabalho! - ditei enquanto voltava para perto da camêra, ignorando o que eu acabei de ver.
----------------------
Nós ficamos ali fotografando até 1:30 da manhã. Eu particularmente não estava cansado, mas Kouyou, Takanori e Yuu estavam.
- Acabamos por hoje garotos, alguém quer uma carona?
- Eu quero! - Kouyou e Takanori falaram juntos.
Ambos se olharam e todos rimos. Saímos então da sala e descemos as escadas. Fomos até o estacionamento e todos entraram no carro após eu desligar o alarme. Colocamos o cinto de segurança e eu comecei a dirigir. Parecia que quanto mais tempo passava após a bebedeira, mais efeito ela fazia... Pelo menos era o que parecia no caso do Kouyou e do Yuu.
Eu e Takanori espiamos e vimos os dois se beijando no banco de trás. Takanori então, voltou-se a mim:
- Acho que o Yuu vai descer no mesmo lugar que o Kouyou!
Nós rimos e eu concordei acenando possitivamente com a cabeça. Liguei então o rádio já que o transito estava devagar. Tocava uma música calma, Jazz. Troquei de estação e deixei em uma que tocava J-pop. A madrugada era tão intedianteque não tinha nada interessante nem na rádio.
Entrei em uma rua com muitas árvores e parei em frente a uma casa pequena mas bem sufisticada.
- Yuu, você vai descer também? - perguntei.
- Desci comigo, por favor! - pediu Kouyou com voz manhosa.
- Vou sim. - respondeu-me Yuu sorrindo. Após ambos desceram, acenaram e entraram abraçados na casa.
- Escuta Taka-sam, você não quer dormir lá em casa? Tem muito espaço para uma pessoa só... Hein?
- Eu não quero incomodar...
- Incomodar? De jeito nenhum... Ah, vamos?
Ele desviou o olhar e riu sem jeito:
- Ok, ok... Tá bom.
Eu ri após dirigi rumando a minha casa.

{ CONTINUA... -q }

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Dom Maio 01, 2011 5:42 pm

Ahahaha o Ruki pode ser toco de amarrar bode mas sabe dar-lhas quando é preciso xD
Ohhh que coisa mais linda , um beijinho , um beijão Twisted Evil
E o Uruha que ficou muito bem confortado , foi tratar da ferida foi xD
E cheira-me que ele e o Aoi vão andar às cambalhotas até tarde , já tem com que se entreter
E então e o Ruki e o Reita vai rolar ... ahm ahm ??

Posta rápido sim ^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
Harada'Otaku-chan
Membro
Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 799
Idade : 22
Localização : JAPAN
Hobbies : MANGA; ANIME; TATTOO; MUSICA; DESENHO
The Gazette favorito : The Gazette , é The Gazette |m|
Data de inscrição : 14/07/2010

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Seg Maio 02, 2011 8:17 pm

AMEI ! Akira ali a surpeender de jeito manhoso hein ? haaa cara eu amo brasileiro mesmo ( aprendi a sambar tambem XD ) Oh continua PonPon-chan , esta adoravel !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
PonPon
Novo Membro
Novo Membro
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 70
Idade : 21
Localização : na cama do Aoi
Hobbies : Ouvir música, tocar baixo, ler, escrever, desenhar, conversar, estudar e ver anime.
The Gazette favorito : Shiroyama Yuu
Data de inscrição : 15/04/2011

MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   Ter Maio 03, 2011 2:31 am

own Harada-chan, que legal... nem a PonPon que é brasileira sabe sambar Sad
terá que me ensinar, hm? rsrs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.popcornpon.tumblr.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Everything always changes.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Everything always changes.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Português dos the GazettE e Miyavi :: FanFics acabadas.-
Ir para: