Bem Vindos ao forum português da banda japonesa the GazettE e do artista também japonês Miyavi! Registem-se e divirtam-se^^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Invisible Love?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Shima Yu
Moderadora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 642
Idade : 25
Localização : Lisbon ~ Carregado
Hobbies : Yaoi fic writer ~
The Gazette favorito : Uruha-sensei
Data de inscrição : 09/07/2008

MensagemAssunto: Invisible Love?   Ter Jul 28, 2009 12:17 am

Autora: Yume
Género: Song Fic, Yaoi, Lemon, Drama
Classificação: 18
Personagens: Aoi x Uruha
Declimer:" Ele começou a ficar mais distante procurando-me apenas para usar o meu corpo, não permanecendo mais tempo que o necessário, não me olhando nos olhos e saindo apenas murmurando um “até amanhã” ou “nos vemos depois”, como se nada tivesse acontecido. Como se eu fosse um brinquedo, que é usado e deixado num canto até ter nova serventia. "
Notas da autora: Isto é uma Long songfic ou seja terá uma musica em cada capitulo. Terá cenas intensas de sexo entre dois homens então se não gosta não leia u.u

Musica deste cap é a Say Anything dos X Japan.



Spoiler:
 
Montagem feita pro mim

Invisible Love

CAP 1

URUHA POV


Zawameki dake ga kokoro wo sashite
Somente o medo fere o coração
Kikoenai mune no toiki
Não se sente a respiração do peito
Toki wo wasurete motome samayou
Vamos esquecer tudo e vagar
Takanaru omoi nurashite
Penetrando sobre esse forte sentimento





Olho atentamente para a água da piscina, sento-me erecto na espreguiçadeira, a luz da lua reluz nitidamente na água cristalina. A brisa fresca acaricia a minha face pálida, fazendo os meus cabelos loiro-mel bailarem levemente.

Fecho os olhos por momentos, lembranças dos últimos dois anos me perseguem, insistem em queimar os meus pensamentos como ferro quente.

Desde quando ele me tenta tanto?

Desde quando eu me perco no seu olhar escuro como a noite, brilhante como a lua?

Como eu deixei me envolver tanto?

Como deixei me apaixonar quando tudo não passava de sexo?

Sinto-me confuso, a minha cabeça dói e o desespero corrói cada célula do meu corpo.

Eu entrei num labirinto e perdi-me caindo na teia azul.
Yugande mienai kioku kasaneru
Juntando as lembranças desviadas que não se vê
Kanashimi ga kieru made

Até o fim dessa tristeza



Eu não amo o Aoi. O moreno obsceno de lábios cheios e um rebolado sexy.

Não.

Eu não amo esse Aoi.

Eu amo o Shiroyama Yuu. O moreno simpático que está sempre a sorrir e ri com as próprias piadas mesmo elas não tendo a misera piada.

Eu amo o Yuu não o Aoi que todas as pessoas vêm em palco.

Mas á uns dois meses que tudo mudou. Ele mudou ficando cada vez mais frio mais distante de mim, dos meus braços.

E eu mudei, ficando cada vez mais necessitado, mais dependente do moreno e menos disposto a correr atrás dos sentimentos dele por medo de perder a sua amizade, os seus toques, os seus beijos...

Simplesmente tive medo de perder o pouco que eu tinha...


If I can go back to where I have been
Se eu pudesse voltar onde eu estava
Yume no naka ni dake ikite
Eu viveria só no sonho
Owaranai ame ni nureru
Molhado pela chuva que não acaba
Nagareru namida wo hakujitsumu ni somete
Pintando as lágrimas que escorrem num sonho limpo



Dói cada vez que ele me beija.

O meu peito aperta fortemente e uma imensa vontade de chorar se apodera de mim. Eu sou fraco, eu sei que sou. Sei que não deveria ter me apaixonado pelo moreno, sei que não deveria ter me envolvido tanto. Eu sei que sou culpado.

Mas quando comecei a perder-me no seu sorriso, passando as noites em claro para velar o seu sono, ignorando as minhas necessidades para satisfazer as dele, eu soube. Eu estava apaixonado.

Perdi-me na escuridão do seu olhar cor de ônix, assustando-me com a imensidão dos meus sentimentos. Afastei-me dele. Fui frio e seco, todas as vezes que ele se dirigiu a mim apenas dando tréguas quando fazíamos sexo.

Tudo isso afastou o Aoi de mim. Ele começou a ficar mais distante procurando-me apenas para usar o meu corpo, não permanecendo mais tempo que o necessário, não me olhando nos olhos e saindo apenas murmurando um “até amanhã” ou “nos vemos depois”, como se nada tivesse acontecido. Como se eu fosse um brinquedo, que é usado e deixado num canto até ter nova serventia.

Cheguei a cogitar a ideia de ele saber dos meus sentimentos. Tudo isso explicaria o porquê de ele estar tão distante, tão longe de mim. Talvez...



Akari no kieta On the stage hitori mitsumete
No palco apagado observo só
Toorisugita hibi ni dakareru
Abraçado pelos dias que passaram
Kowashite kure nanimo kamo kazatta ai mo
Destrua tudo, até o amor "enfeitado"
Toki no suna ni kieru made
Até transformar-se em lembranças da areia do tempo




Dirijo o meu olhar ao céu. Gostava de me perder naquela imensa escuridão, desaparecer e apagar a minha existência.

Tirei a blusa escura, deixando-a em cima da espreguiçadeira. Fui até á borda da piscina na parte mais funda, constatando a temperatura da água com a ponta do pé.

Fria...

Melhor assim! Precisava dissipar todos os meus pensamentos.

Sentei-me na borda, com as pernas para dentro de água. Arrepiei-me decidindo entrar de uma só vez. A sensação que me invadiu foi confortante, quase que relaxante.

Nadei até á parte menos funda da piscina deixando-me ficar sentado na escadaria que completava aquela ponta da piscina rectangular. A água batia-me pela zona do peito e o vento levemente frio provocava-me leves calafrios deixando-me num estado sonolento.

Permiti-me relaxar, aproveitando da paz espírita daquele momento. Tudo parecia perfeito assim, sem entrevistas chatas ou concertos exaustivos. Estava cansado emocionalmente e isso já começava a refletir-se nos ensaios de banda.

Sei que não deveria deixar o sono controlar-me, mas foi inevitável, eu estava num estado de transe, quase a cair num sono profundo até a água mover lentamente no sentido oposto do vento e aquele perfume invadir-me os sentidos.

Seria uma fantasia da minha mente?

Uma miragem devido ao meu estado sonolento?



Time may change my life
O tempo pode mudar minha vida
But my heart remains the same to you
Mas o meu coração continua o mesmo para você

Time may change your heart
O tempo pode mudar o seu coração
My love for you never changes
Meu amor por você nunca muda



Senti o toque quente daqueles lábios já tanto beijados por mim. Um arrepio gostoso acordando-me do meu transe e imediatamente correspondi ao beijo, acolhendo a sua língua deleitando-me com o sabor único da boca do moreno.

Ele encostou o peito no meu, ficando entre as minhas pernas deitando-me sobre as escadas á medida que o seu corpo ia ficando sobre o meu. O meu estado repentino não me deixou ocultar qualquer sentimento que eu saberia que ficaria exposto no instante que as minhas pálpebras abrissem.

Nenhum dos toques que recebia continham malicia, poderia ser apenas impressão minha mas o meu coração gritava desesperado querendo acreditar que aqueles toques, aquelas caricias apenas continham carinho, amizade... amor.

Sonhador da minha parte eu sei, mas estava carente, submisso aos meus sentimentos. Só queria aproveitar não me importando com nada nem mesmo com aquele guitarrista moreno, perfeito aos meus olhos.



I believe
Eu acredito
If time passes, everything turns into beauty
Se o tempo passa, tudo torna-se belo
If the rain stops, tears clean the scars of memory away
Se a chuva pára, lágrimas limpam as cicatrizes da memória
Everything starts wearing fresh colors
Tudo começa a vestir cores frescas
Every sound begins playing a heartful melody
Toda música começa a tocar uma melodia calórica
Jealousy embellishes a page of the epic
Ciúmes embelezam o épico
Desire is embraced in a dream,
O desejo é abraçado num sonho
But my mind is still in chaos and...
Mas minha mente ainda está um caos e...



Eu o amo.


---

Pequenino eu sei mas teve que ser porque eu ódeiu parar a meio de coisas mais intensas Twisted Evil

Eu tenho a fic acabada então vou tentar postar um cap por dia ^-^

Bye bye minna-san *Agarra todos e leva para casa*[img][/img]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fanfiction.nyah.com.br/jigoku_geisha
PonHyunMin
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1800
Idade : 24
Localização : Miyavi's bed (^-^)
Hobbies : ouvir musica, ir a concertos, tocar, dançar, net...
The Gazette favorito : Ruki e Reita *-*
Data de inscrição : 09/07/2008

MensagemAssunto: Re: Invisible Love?   Ter Jul 28, 2009 12:35 am

Nee amei!
Está tão amoroso e sentimental
*-*
Mal posso esperar pela continuação. Smile

_________________
Fuck the rulez! This is Miyavi Baby! ;D


GazeRock Is Not Dead!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://thegazette-miyavi.ativoforum.com
Shima Yu
Moderadora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 642
Idade : 25
Localização : Lisbon ~ Carregado
Hobbies : Yaoi fic writer ~
The Gazette favorito : Uruha-sensei
Data de inscrição : 09/07/2008

MensagemAssunto: Re: Invisible Love?   Ter Ago 04, 2009 1:28 am

Eu tenho esta fic acabada mas vou parar de posta-la também.

Quem quiser ler ela que vá ao Nyah http://fanfiction.nyah.com.br/yume_sachi a fic está postada lá.

Kissu **

Bye **
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fanfiction.nyah.com.br/jigoku_geisha
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Invisible Love?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Invisible Love?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Love.Might.Kill
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» Eric Clapton - Bad Love Bass
» [Fic] Dangerious Love
» Love Still Goes On é considerado inapropriada pela MBC

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Português dos the GazettE e Miyavi :: FanFics acabadas.-
Ir para: