Bem Vindos ao forum português da banda japonesa the GazettE e do artista também japonês Miyavi! Registem-se e divirtam-se^^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Just like a pill

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ChoMinTae
Moderadora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1888
Idade : 25
Localização : Somewhere with Gazeboys
Hobbies : Ouvir música, ler, escrever
The Gazette favorito : Ruki, Uruha e Aoi
Data de inscrição : 24/11/2008

MensagemAssunto: Just like a pill   Ter Jul 14, 2009 3:08 pm

Olá Very Happy
Vou postar mais uma fic que escrevi há uns dias.
Eu tive esta ideia quando estava a ouvir a música "Just like a pill" da P!nk e estava a pensar no Aoi e no Uruha. E depois concentrei-me no refrão e título da música e lembrei-me de escrever qualquer coisa que envolvesse isso. E saíu isto xD

Eu vou dividir em dois para não tornar a leitura muito exaustiva...
Ah! E desta vez não há lemon Sad É uma fic mais lamechas e romântica e tal...
Espero que gostem^^

________________________________________



Passavam alguns minutos das 18:00 horas quando Uruha resolveu levantar-se da cama, embora não tivesse vontade nenhuma disso. Aliás, ele não tinha vontade de fazer nada nesse momento, apenas chorar.

Arrepiou-se quando os pés descalços tocaram no chão frio, mas tentou ignorar isso, dirigindo-se até à cozinha.

Lá pegou num copo de água e tirou um pequeno comprimido branco de dentro de uma das muitas caixas que estavam em cima da mesa. Levou a pequena cápsula à boca e engoliu-a com a ajuda dá água. Mas após isso o que sentiu foi mais tristeza e angústia. Os comprimidos não estavam a ajudar a fazer sentir-se melhor, assim como a bebida, o tabaco e mais alguns vícios que tinha adquirido. Nada resultava.

Nada não. Havia uma coisa que resultava, ou melhor, alguém. Apenas “ele” fazia com que o loiro se sentisse bem. “Ele” era também uma das razões porque Uruha se sentisse triste.

Já não lhe bastavam os problemas e a confusão da sua vida e o desentendimento com a família e agora aquilo que sentia pelo moreno. Há algum tempo que ele se tinha dado conta do que aquilo que sentia pelo outro era mais do que amizade e companheirismo. Era amor. Mas Uruha não era capaz de se declarar, tinha medo que ele não sentisse o mesmo e pudesse rejeitá-lo. Por isso mesmo tinha entrado naquela tristeza e naquela angústia.

Quando ia começar a chorar mais ainda, tentou ser forte e secou as lágrimas.

- Isto não pode continuar assim… - Disse enquanto passava as mãos pelas bochechas – Se eu tenho de sofrer, pelo menos que haja um motivo.

Correu até à sala de estar, onde pegou no telemóvel. Marcou alguns números e aguardou.

- Sim? – A pessoa do outro lado atendeu.

- A…Aoi? – Uruha perguntou, a medo.

- Uru?

- Sou eu!

- Tudo bem?

- Mais ou menos… eu…

- Como assim, mais ou menos? Magoaste-te? Aconteceu alguma coisa de mal? – O moreno perguntou, preocupado.

- Não. Eu estou bem…

- Não estás não! A tua voz soa-me triste. Uru, porque é que estás triste?

- Eu…

- Foi alguma coisa que eu fiz Uru? Eu disse alguma coisa que tu não gostaste? Se sim, desculpa…

- Pára! – Uruha interrompeu o outro – Tu não fizeste nada!

- Então o que foi? Eu não te quero ver triste Uru… eu gosto de ver um sorriso nesses lábios.

- Aoi?

- Sim Uru?

- Será que nos podemos encontrar?

- Claro que sim. Queres vir aqui? Ou eu passo na tua casa?

- Não… eu gostava que fosse naquele jardim perto do rio…

- Ok.

- Naquele sítio que… tu sabes.

- Sítio perfeito Uru… quando?

- Meia hora, pode ser?

- Pode! Fico à tua espera lá.

- Obrigado.

- Kou?

- S…sim?

- Será que eu vou poder ver um sorriso quando estivermos lá?

- Eu… acho que sim.

- Óptimo. Até já.

- Até já.

Uruha pousou o telemóvel no sofá assim que terminou a chamada. Um sorriso formou-se nos seus lábios. O seu coração palpitava mais acelerado do que nunca e, apesar do nervosismo, tinha vontade de sorrir.

Impressionante o que alguns minutos de conversa com o guitarrista moreno faziam consigo, aquela voz grave mas doce, o seu ar de preocupado com ele, a sua maneira de falar… Uruha suspirou só de pensar nisso tudo.

- Kami-sama! Eu tenho menos de vinte minutos para me pôr minimamente decente!

O loiro começou a correr escadas acima quando constatou que tinha muito pouco tempo até ao seu encontro com Aoi e ainda tinha de tomar um banho, vestir algo que o deixasse apresentável, pentear o cabelo, colocar maquilhagem e o melhor perfume.

Por incrível que pareça conseguiu fazer isso bem rápido. Despachou-se à velocidade da luz. Antes de sair de casa olhou-se ao espelho, vendo se estava tudo bem. Vestia uma roupa que o favorecia bastante, tinha escolhido uma daquelas que usava durante os concertos, de modo a deixar as coxas a vista e uma t-shirt justinha. Tudo preto. Tinha caprichado na maquilhagem para que não se notasse as olheiras e tinha posto um pouco de gloss rosa nos lábios para lhes dar um brilho especial. O cabelo estava perfeitamente penteado e o perfume contagiava o ambiente à sua volta.

Após confirmar tudo saiu de casa às pressas, pois ainda tinha de andar um pouco até chegar ao sítio combinado com Aoi.

Pelo caminho foi pensando naquilo que ia fazer, podia ser o pior erro da sua vida e por causa disso o coração batia forte no seu peito.

- Devia ter tomado mais alguns comprimidos. – Reclamou consigo mesmo.

Instante depois passava a entrada do jardim e agora parecia que a confiança e coragem que tinha arranjado o estavam a abandonar. Começou a andar mais devagar.

“E se eu voltasse para trás?” – Pensou – “Talvez fosse melhor…”

- Não! Eu tenho de continuar! – Respirou fundo e recomeçou a andar mais rápido. Não conseguindo evitar, viu algumas lágrimas pelo seu rosto.

No sítio combinado, Aoi esperava pelo loiro. Enquanto ele não aparecia, distraiu-se contemplando o rio e as árvores à sua volta. Estava diante de uma paisagem realmente muito bonita. Olhou à volta e então viu um loiro lindo correr na sua direcção.

Aoi mordeu de leve o seu lábio enquanto olhava para Uruha. À medida que ele se vinha aproximando o moreno conseguiu ver que ele vinha a chorar. Preocupou-se ainda mais pois devia ter acontecido alguma coisa com ele.

Uruha correu na direcção de Aoi até que parou a sensivelmente quatro passos dele. Com o intuito de olhar para moreno, ele levantou a cabeça, sacudindo os cabelos loiros.

Aoi ficou deslumbrado com o ser à sua frente e não conseguiu evitar que os seus olhos o percorressem de alto a baixo. Hum… Uruha tinha as coxas à mostra.

- Kou… o que aconteceu? – Aoi perguntou, quando conseguiu deixar de olhar para as coxas do outro.

Uruha permaneceu calado.

Continua...
Espero que tenham gostado^^


Última edição por MartaSK em Sab Jul 18, 2009 8:57 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.wordpress.com/
LaLa
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2360
Idade : 23
Localização : Cabaré
Hobbies : ouvir musica, desenhar e tirar ADN as bananas
The Gazette favorito : Reita e Ruki
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Just like a pill   Qua Jul 15, 2009 11:00 am

ta muito gira vais postar o resto serto ??

*quem e dera escrever assim*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://antic-cafe.forumeiros.com/
ChoMinTae
Moderadora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1888
Idade : 25
Localização : Somewhere with Gazeboys
Hobbies : Ouvir música, ler, escrever
The Gazette favorito : Ruki, Uruha e Aoi
Data de inscrição : 24/11/2008

MensagemAssunto: Re: Just like a pill   Qua Jul 15, 2009 2:07 pm

Que bom que gostaste^^

Sim, eu vou postar o resto depois...

Obrigada Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.wordpress.com/
PonHyunMin
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1800
Idade : 24
Localização : Miyavi's bed (^-^)
Hobbies : ouvir musica, ir a concertos, tocar, dançar, net...
The Gazette favorito : Ruki e Reita *-*
Data de inscrição : 09/07/2008

MensagemAssunto: Re: Just like a pill   Qui Jul 16, 2009 3:07 pm

Mas tu paras isto assim, melher?? Logo na melhor parte
Que é que o Uru vai dizer? Vai se declarar?? *morre de curiosidade *
Estou a gostar! E algo me diz que isto se vai tornar interessante
Continua

_________________
Fuck the rulez! This is Miyavi Baby! ;D


GazeRock Is Not Dead!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://thegazette-miyavi.ativoforum.com
ChoMinTae
Moderadora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1888
Idade : 25
Localização : Somewhere with Gazeboys
Hobbies : Ouvir música, ler, escrever
The Gazette favorito : Ruki, Uruha e Aoi
Data de inscrição : 24/11/2008

MensagemAssunto: Re: Just like a pill   Sab Jul 18, 2009 8:53 pm

Obrigado Pon*, eu fico contente por teres gostado^^
Bem, esta parte ficou um bocado parva, e muito melosa xD
Anyway I hope you like it Very Happy

________________

- Uru… está tudo b… - O moreno foi interrompido quando sentiu os braços do outro rodeando o seu pescoço.

Sem saber bem o que deveria fazer, Aoi abraça também Uruha.

- Kou, meu anjo, diz-me o que se passa. – Pediu – Eu estou preocupado, não te quero ver triste. – Fez uma pausa e notando o silêncio do outro, resolveu continuar – Uru, sabes que eu estou aqui para tudo o que precisares, não sabes?

- Obrigado Yuu. – Ele disse com um fio de voz contra o pescoço de Aoi, fazendo-o arrepiar. E claro que a sua voz pronunciando o seu nome foi algo que também não deu para resistir.

Com cuidado, resolveu afastar Uruha de si, de maneira a poder olhá-lo nos olhos. O mais novo parecia estar envergonhado, pois mantinha-se de cabeça baixa, fitando o chão.

Aoi reparou novamente em Uruha, como ele era lindo, e ficava tão querido e tão frágil a chorar… só dava vontade de abraçar e proteger. E por outro lado, aqueles lábios pecaminosos só davam vontade de beijar.

Num impulso o moreno avança um passo, põe uma das suas mãos na nuca do loiro e aproxima os seus lábios dos dele. Nessa altura Uruha levanta um pouco a sua cabeça, fazendo Aoi conseguir olhá-lo nos olhos.

O loiro sente um formigueiro pelo corpo todo quando o moreno encosta os seus lábios nos dele. Abre um pouco os seus para que a língua de Aoi se envolva com a sua.

Os dois envolvem-se num beijo carinhoso e quase sem malícia. Um beijo bem doce, contrastando como o amargo das lágrimas de Uruha.

Instantes depois, Aoi foi quebrando o beijo de uma forma lenta. Um pouco envergonhado olhou para o loiro e viu que os seus olhos estavam ainda mais brilhantes. Um pouco confuso com o que tinha acontecido tentou desculpar-se com o outro, mas antes que pudesse dizer alguma coisa sentiu os lábios de Uruha colados aos seus.

“Será que ele gostou?” – Foi a pergunta que Aoi fez a si mesmo quando beijava o loiro novamente. Quando quebraram o beijo sentiu o corpo do outro junto ao seu e os seus braços em seu redor.

- Aoi… obrigado por este momento. – Ele sussurrou no ouvido do mais velho.

- Tu… gostaste? – Aoi perguntou, um pouco receoso.

- Tu não gostaste? – Uruha perguntou também, afastando-se do moreno.

- Eu… gostei… gostei muito Uru.

Um pequeno sorriso formou-se nos lábios do loiro, que Aoi se apressou a beijar.

- Eu gosto muito de ti Yuu. – Uruha disse tímido, baixando a cabeça.

- Kou… - Aoi chamou, levando uma mão ao queixo do outro, fazendo-o olhar para ele. – Eu amo-te.

Uruha ficou paralisado quando ouviu aquelas palavras serem proferidas pelo outro.

- Eu… pensei que não gostasses de mim assim… - Disse, algum tempo depois. – Eu amo-te Yuu.

- Ora, porque é que eu não haveria de gostar de ti? Porque é que eu não haveria de amar-te?

- Não sei… tu és tão… perfeito e… - Fez uma pausa, sem saber o que havia de dizer – Eu nunca pensei que pudesses interessar-te por…mim.

- Kou… tu és tão lindo, tão maravilhoso… como alguém não pode gostar de ti? – Aoi falava, acarinhando uma das faces do outro.

Uruha mordia o lábio inferior, tentando que as lágrimas não caíssem dos seus olhos outra vez. Sentia os pedaços do seu coração se irem juntando pouco a pouco enquanto ouvia as palavras do ser à sua frente.

Os olhos do moreno, aqueles lábios carnudos, os olhos, a sua expressão tão doce…o guitarrista mais alto não aguentou: lançou-se nos braços dele outra vez. Era lá que se sentia bem, amado, protegido e… desejado. Percebeu isso quando os lábios de Aoi começaram a beijar o seu pescoço.

- Kou? – Uruha ouviu o moreno chamar bem perto do seu ouvido.

- S…sim Yuu?

- Queres ir até à minha casa? – Ele perguntou num tom malicioso.

- Quê? – Uruha fez-se um pouco de desentendido.

- Humm… melhor: queres ir jantar comigo? E depois podemos fazer qualquer coisa que… nos apetecer. – Aoi sorriu-lhe. – Aceitas?

- Claro que aceito.

- Então vamos!

- Yuu? – Uruha chamou.

- Sim Kou?

- Posso dizer-te uma coisa?

- Diz.

- Sabes que és como um comprimido?

- O quê? Como um comprimido? – Estranhou.

- Sim. – Uruha riu da expressão confusa do outro.

- Como assim?

- Melhor ainda, tu és melhor que comprimidos. – Aoi permaneceu calado, apenas olhando o loiro, que continuou – Tu és como um comprimido que quando eu tomo, faz-me sentir melhor, cura-me.

- Já me chamaram muita coisa, mas isso é a primeira vez. – Aoi disse rindo.

- É sério Yuu! – Uruha falou, encarando o homem à sua frente. – Eu estava super triste, super deprimido, sem vontade de nada e já estava a tomar remédios para isso, mas de nada adiantava. – O loiro fez uma pausa, olhando no fundo dos olhos de Aoi, e depois continuou – Mas depois que eu cheguei aqui e te vi, fiquei completamente curado. – Disse, meio envergonhado – Por isso eu digo que tu és como um comprimido que acaba com todas as minhas dores.

- Uru? Eu já disse que te amo?

- Já. – ele confirmou, dando uma risadinha.

- Então eu digo outra vez: Amo-te Kou!

Aoi ficou um tanto comovido com as palavras do outro. Voltou a tomar o loiro nos seus braços e beijou-o intensamente.

Fim
______________________
Eu disse que tava muito meloso xD
E o fim ficou um bocado sem-graça... eu ainda estou a pensar se faço um lemon'zinho Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.wordpress.com/
PonHyunMin
Administradora
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1800
Idade : 24
Localização : Miyavi's bed (^-^)
Hobbies : ouvir musica, ir a concertos, tocar, dançar, net...
The Gazette favorito : Ruki e Reita *-*
Data de inscrição : 09/07/2008

MensagemAssunto: Re: Just like a pill   Dom Jul 19, 2009 3:00 pm

Awww ficou tão fofo o final
Gostei muito Marta

Hmm lemon
Agrada-me

_________________
Fuck the rulez! This is Miyavi Baby! ;D


GazeRock Is Not Dead!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://thegazette-miyavi.ativoforum.com
SadieChii_
V.I.P.
V.I.P.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1936
Idade : 27
Localização : Sampa City
Hobbies : Ouvir musica, mexer na Net, ler mangás e escrever/ler Fics!
The Gazette favorito : Ruki
Data de inscrição : 03/11/2009

MensagemAssunto: Re: Just like a pill   Sab Nov 28, 2009 2:39 am

aiiiiii que TUDO!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/chii_jehh
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Just like a pill   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Just like a pill
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Português dos the GazettE e Miyavi :: FanFics acabadas.-
Ir para: